Livro Qual é a tua obra? – Gestão, liderança e ética

Tempo de leitura: 3 minutos

Inicialmente tenho que dizer que o livro Qual é a tua obra? é sem dúvida um dos melhores livros do Mario Sergio Cortella.

O livro é dividido em três partes: Gestão, Liderança e Ética.

Dentro dessas partes encontramos vários capítulos pequenos, que transformam a leitura em algo fluido e não cansativo.

Aliás, isso é um padrão nos livros do Cortella.

Cuidado com gente cheia de certezas. São pessoas incapazes de crescer. Porque o crescimento na história da humanidade se dá quando a gente tem dúvida.

Voltando ao livro Qual é a tua obra?, nele o autor inicialmente expõe a ideia de trabalho como castigo desde as origens de nossa sociedade.

Para em seguida mostrar o quanto essa ideia é prejudicial.

Ora, há certo exagero na postura que não identifica no trabalho qualquer forma de prazer. Ao contrário, a noção de prazer não é só imediata, mas é a de sentir-se bem no lugar.

Uma analogia interessantíssima que o autor usou no livro foi a seguinte: você dizer que deseja separar a vida pessoal da vida profissional, é o mesmo que supor que no meio de um tiroteio, se você fechar os olhos não será atingido.

Só é possível caminhar em direção à excelência se você souber que não sabe algumas coisas.

O livro é ótimo nos 3 assuntos em que toca: Gestão, Liderança e Ética.

Isso não se discute.

Ainda mais com a espantosa quantidade de obras que Cortella já escreveu sobre esses assuntos, e com a qualidade que sempre demonstra.

No entanto quando fala em liderança, no livro Qual é a tua obra?, ele é espetacular.

Consigo inclusive comparar com o livro O monge e o Executivo, que, segundo a minha opinião é o melhor livro sobre liderança que já li.

5 competências essenciais de um líder segundo o livro Qual é a tua obra?

  1. Abrir a mente – O líder deve ficar atento àquilo que muda e estar sempre disposto a aprender
  2. Elevar a equipe – O liderado percebe claramente quando você é capaz de, ao crescer, levá-lo junto
  3. Recrear o espírito – As pessoas devem se sentir bem e ter alegria onde estão. Seriedade não é sinônimo de tristeza. Tristeza é sinônimo de problema
  4. Inovar a obra – Liderar pressupõe a capacidade de se reinventar, de buscar novos métodos e soluções
  5. Empreender o futuro – Não nascemos prontos, também não somos inéditos, mas tampouco somos ilhas

Um poder que se serve, em vez de servir, é um poder que não serve.

Capítulos do livro Qual é a tua obra?

  • Parte 1 – Gestão
    1. Em busca de sentido
    2. Tripalium versus poiesis
    3. E tem gente que e acha…
    4. O lado bom de não saber
    5. Estoque de conhecimento
    6. Lealdade relativa
    7. Síndrome de Rocky Balboa
    8. Vento oportuno
    9. O grande estrago das pequenas ondas
    10. A tensão da mudança
    11. Gestão pessoal, gestão vital
  • Parte 2 – Liderança
    1. Fundamental é chegar ao essencial
    2. Aquilo em que me reconheço
    3. Um grande passado pela frente
    4. A renovação pelo outro
    5. Tempos velozes
    6. Vitalizar constantemente
    7. Cafezinho, com açúcar, adoçante e propósito
    8. Cinco competências essenciais na arte de lierar
  • Parte 3 – Ética
    1. A nossa casa
    2. Os antiéticos e os aéticos
    3. Uma pessoa inteira
    4. Os outros de nós mesmos
    5. Fábula da coletividade
    6. A escolha é sua; já as consequências…
    7. Sábios Xavantes
    8. Opção pela perenidade
    9. “Lembra-te de que és mortal”

Ficha técnica do livro Qual é a tua obra?

Capa do livro Qual é a tua obra?

Título: Qual é a tua obra?
Autor: Mario Sergio Cortella
Número de páginas: 144
Link para compra (link afiliado)

5/5 (1 votos)

O que você acha deste livro?